Baixe o AplicativoBaixe o App

(43) 3274-8000Tel.

Catálogos

Compra Food ServiceCompras

HOME
INSTITUCIONAL
DISTRIBUIÇÃO
FOOD SERVICE
INDÚSTRIA
AGRO
BLOG
CONTATO

WHATSAPP LANÇA API EM NUVEM PARA ATRAIR EMPRESAS DE TODOS OS TAMANHOS

Blog


Nesta quinta-feira (19), a Meta revelou novos produtos, pilotos e planos para tornar as mensagens o coração do social commerce. O CEO Mark Zuckerberg informou que a empresa está abrindo a plataforma WhatsApp Business “para qualquer empresa de qualquer tamanho ao redor do mundo” com a nova API de nuvem do WhatsApp.
“Em apenas alguns minutos, qualquer empresa ou desenvolvedor pode acessar facilmente nosso serviço, criar diretamente no WhatsApp para personalizar sua experiência e acelerar o tempo de resposta aos clientes usando nossa API segura do WhatsApp na nuvem hospedada pela Meta”, disse ele.
Zuckerberg continuou, afirmando que “este é um passo importante para ajudar mais empresas a se conectarem com as pessoas e ajudar mais pessoas a enviar mensagens às empresas que desejam apoiar.”
A vice-presidente de produtos do WhatsApp, Ami Vora, falou sobre uma série de outros aprimoramentos da nova plataforma, citando um piloto agora em execução no Brasil “onde as empresas podem ser listadas no Diretório diretamente no WhatsApp”, com opções de clique para comprar incorporadas diretamente ao fluxo de bate-papo.
Vora disse que a Meta está desenvolvendo ferramentas para pequenas empresas como a capacidade de gerenciar bate-papos em até 10 dispositivos e novos links personalizáveis do WhatsApp Click to Chat para ajudá-las a atrair mais clientes. “Estamos criando recursos como esses para ajudar as empresas a escalar suas operações, para torná-las parte de um novo serviço premium opcional que testaremos em breve.”
Ela ainda falou sobre uma nova versão baseada em nuvem da plataforma de negócios WhatsApp para qualquer empresa em todo o mundo. Com hospedagem e segurança tratadas pela Meta, ela disse: “Esta atualização de infraestrutura significa que as empresas podem aumentar o número de mensagens que enviam a seus clientes e lhes dá acesso instantâneo a novos recursos que criamos”. Vora observou que a Zendesk vem testando essa opção “e já está se beneficiando dela”.
Usuários preferem mensagens
Praticamente declarando o fim do e-mail para uso comercial, o vice-presidente de mensagens comerciais da Meta, Matt Idema, revelou uma pesquisa que mostra que 7 em cada 10 pessoas se sentem mais conectadas a uma empresa para a qual podem enviar mensagens (por Messenger, WhatsApp, Teams, etc.), e mais de 65% das pessoas disseram que preferem se comunicar por meio de mensagens do que e-mail ou ligação.
Compartilhando uma história recente sobre uma experiência pessoal de viagem, Idema observou que o tempo de espera está se tornando comum para os call centers das companhias aéreas. “Imagine uma troca de mensagens com um agente da companhia aérea no momento em que seu voo for cancelado. Diretamente no seu aplicativo de mensagens, você vê opções e pode remarcar seu voo, e alguém responde imediatamente se você tiver dúvidas. Mesmo se você estiver frustrado, você sabe que alguém está ouvindo você e respondendo.”
Como esse tópico agora está dentro do Messenger e a experiência foi (presumivelmente) satisfatória, “é muito mais provável que você responda à oferta que eles desejam enviar a você quando executarem a próxima campanha”.
Ele citou um estudo recente do Gartner estimando que, até 2025, 80% das organizações de atendimento ao cliente “abandonarão aplicativos móveis nativos em favor de mensagens em plataformas de terceiros”, acrescentando que “as mensagens estão mudando a forma como compramos”.
De acordo com a Forrester, 50% dos adultos conectados dos EUA agora usam o bate-papo para comércio, o que significa comprar algo, e o nível de uso só aumenta entre os grupos demográficos mais jovens, atingindo um pico de 25 a 34 anos, em 62%.
Integração
O vice-presidente de mensagens de negócios da Meta, Emile Litvak, apresentou uma série de casos de uso em que a integração entre a família de aplicativos de mensagens da Meta com provedores de serviços de seguradoras a empresas de compartilhamento de viagens permite transações complexas, todas dentro de threads de mensagens, nunca clicando em aplicativos de terceiros – um maneira inteligente para a Meta capturar tráfego de concorrentes de comércio social.
Litvak delineou três áreas-chave de foco para as mensagens Meta para impulsionar o comércio, incluindo Click to Message: permitir que os clientes conversem diretamente com as marcas no WhatsApp e no Messenger; automatizar as comunicações com o cliente para melhorar a capacidade de resposta com processamento de linguagem natural; e comércio conversacional para navegar; e adicionar itens a um carrinho online e comprar.
Além das novas maneiras de envolver e reengajar os clientes com atualizações relevantes e notificações oportunas, ele disse que o Messenger e o WhatsApp estão adicionando recursos de voz e vídeo.
“Para as pessoas, as mensagens se tornam uma interface única que é agradável e fácil de usar, tornando-as clientes fiéis ao longo da vida. Para as empresas, as mensagens oferecem uma visão única do cliente em um canal”, disse ele. “Tudo isso acontece no segmento de mensagens, que eles podem personalizar para cada cliente.”

FONTE: ECOMMERCEBRASIL

Tag(s):

Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade. Ok