Baixe o AplicativoBaixe o App

(43) 3274-8000Tel.

Catálogos

Compra Food ServiceCompras

HOME
INSTITUCIONAL
DISTRIBUIÇÃO
FOOD SERVICE
INDÚSTRIA
AGRO
BLOG
CONTATO

PESQUISA APONTA AVANÇO DO CONSUMO DAS CLASSES C E D EM 9% NO 4°TRIMESTRE DE 2020

Blog


A Pesquisa de Hábitos de Consumo das Classes C e D, feita pela Superdigital, fintech do Grupo Santander, aponta que os brasileiros gastaram 9% a mais no 4º trimestre de 2020 sobre o trimestre anterior. O levantamento foi feito com os clientes da Superdigital, que reúne mais de 1,7 milhão de contas ativadas em todas as regiões do Brasil, com base nas transações feitas pelos clientes.
Na avaliação por setor, a maior variação registrada entre o 4º trimestre ante o período anterior é em Transporte, que cresceu 19%, seguido de Restaurante (13%), Lojas de roupas (11%), Supermercado (10%), Companhias aéreas (7%) e Combustível (6%). No segmento de serviços, que inclui Correios, Estacionamento, Cartório, Dentista, Academia, Ótica, entre outros, recuou 17%. Rede online, que considera aplicativos de delivery de comida, de streaming, entre outros, caiu 13%. Já Hotéis e Motéis recuaram 11%.
“É importante notar também que, com abertura gradual do comércio, houve um acréscimo nas compras físicas em detrimento do e-commerce, fato já esperado. Mas podemos notar que o recuo não foi tão grande, e parte substancial do consumo ainda permanece pelas vias online, o que mostra que a mudança de comportamento foi mesmo acelerada pela pandemia e as compras em e-commerce vieram para ficar”, explica a CEO da Superdigital no Brasil, Luciana Godoy.
Considerando apenas quarto trimestre, 31% do consumo foram em Supermercados, seguido por Restaurantes (12%), Lojas de Artigos Diversos (11%), Serviços (10%), Transporte (6%), entre outros.
O levantamento também apresenta dados sobre o comportamento de compras. Nos três últimos meses de 2020, as compras online recuaram em quase todos os itens. Vale destacar a queda de 13% em Serviços e 5% em Restaurante. Ou seja, no 3° trimestre as pessoas estavam consumindo mais pela internet.
Recortes regionais
Minas Gerais
Em Minas Gerais, o levantamento apontou que o consumo das classes C e D avançou 19% no quarto trimestre de 2020. Os setores que mais cresceram foram Diversão e Entretenimento (27%), Transporte (20%), Companhias aéreas (15%), Restaurantes (14%) e Supermercados (11%). Por outro lado, houve uma queda nos gastos com Serviços (-22%), Rede online (-19%) e Automóveis e Veículos (-10%).
Rio Grande do Sul
No Rio Grande do Sul, a pesquisa apontou que os gastos das classes C e D avançaram 19% no 4º trimestre de 2020 ante o 3º trimestre. Os setores que mais cresceram foram Transporte (48%), Restaurantes (10%) e Supermercados (2%). Por outro lado, houve um recuo nos gastos com Serviços (-29%), Diversão e Entretenimento (-27%) e Companhias aéreas (-24%).
Paraná
No Paraná, a pesquisa aponta que o consumo das classes C e D avançou 23% na mesma base de comparação. Os gastos que mais cresceram foram com Transporte (23%), Supermercados (16%), Loja de roupas (11%) e Restaurantes (5%). Na outra ponta, houve um recuo nos gastos com Companhias aéreas (-33%), Diversão e Entretenimento (-24%), Serviços (-17%) e Telecomunicações (-12%).
Espírito Santo
No Espírito Santo, a pesquisa aponta que o consumo das classes C e D avançou 16% no 4º trimestre ante o 3º. Os gastos que mais cresceram foram com Diversão e Entretenimento (53%), Automóveis e Veículos (31%) e Companhias aéreas (5%). Por outro lado, houve um recuo nos gastos com Hotéis e Motéis (-57%), Telecomunicação (-51%), Lojas de roupas (-25%) e serviços (-24%).
Rio de Janeiro
No Rio de Janeiro, os dados da pesquisa mostram que os gastos das classes C e D avançaram 22%. Os setores de Transporte (13%), Restaurantes (8%), Loja de artigos diversos (7%), Supermercados (6%) e Combustível (5%) foram os destaques positivos. Na outra ponta, houve um recuo nos gastos com Companhias aéreas (-20%), Rede online (-20%), Serviços (-15%), Automóveis e Veículos (-14%) e Diversão e Entretenimento (-13%).
A pesquisa será mensal a partir de março, com o objetivo de traçar o perfil do consumidor destas classes sociais. “Os dados apontam para uma recuperação no nível de consumo das famílias das classes C e D, ajudada pelo pagamento das últimas parcelas do auxílio emergencial e 13º salário”, afirma Luciana.
Pernambuco
Em Pernambuco, a pesquisa aponta que consumo das classes C e D avançou 32% na mesma base de comparação. Os gastos que mais cresceram foram os com Rede online (56%), Combustível (18%), Lojas de roupas (15%), Transportes (13%) e Diversão e Entretenimento (12%). Por outro lado, gastos com Companhias aéreas (-30), Hotéis e Motéis (-7%) e Serviços (-5%) recuaram.
Ceará
No Ceará, os dados revelaram que o consumo das classes C e D avançou 20% no 4º trimestre ante o período anterior. Os gastos que mais cresceram foram os com Diversão e Entretenimento (30%), Lojas de roupas (12%), Telecomunicações (12%), Transporte (11%) e Companhias aéreas (9%). Na outra ponta, caíram os gastos com Rede online (-14%), Serviços (-12%) e Lojas de artigos diversos (-4%).
Bahia
Na Bahia, a pesquisa de consumo das classes C e D mostra que os gastos subiram 21%. Os gastos que mais cresceram foram os com Restaurantes (24%), Hotéis e Motéis (22%), Combustível (17%), Transporte (17%) e Companhias aéreas (14%). Na outra ponta recuaram os gastos com Serviços (-24%), Diversão e Entretenimento (-23%), Rede online (-15%), Telecomunicações (-8%) e Drogaria e Farmácia (-3%).
Fonte: MERCADOECONSUMO

Tag(s):

Notícia

Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade. Ok