Baixe o AplicativoBaixe o App

(43) 3274-8000Tel.

Catálogos

Compra Food ServiceCompras

HOME
INSTITUCIONAL
DISTRIBUIÇÃO
FOOD SERVICE
INDÚSTRIA
AGRO
BLOG
CONTATO

ÔMICRON: CENÁRIO É DE INCERTEZA, MAS MORTES NÃO DEVEM SUBIR, DIZ QUEIROGA

Blog


O ministro Marcelo Queiroga afirmou nesta segunda feira (10) que a transmissão da variante ômicron do coronavírus no país gera incerteza, mas que não espera um aumento no número de internações e mortes pela covid-19.
"Nós temos um cenário pandêmico de uma certa incerteza em face da variante ômicron, com o aumento de casos, mas nós temos a esperança que não haja uma explosão das internações hospitalares e também um aumento proporcional de óbitos, porque a nossa população está fortemente vacinada", disse.
Até ontem, 144,3 milhões de brasileiros haviam recebido as duas doses da vacina contra a doença, o correspondente a 67,66% da população.
Queiroga disse esperar que a situação do país seja parecida com a que vivem alguns países europeus, como Espanha, Reino Unido e França, em que houve um aumento de casos, mas não de óbitos. Na semana passada, França e Reino Unido registraram recordes de novos diagnósticos de covid-19 em um único dia, de 332 mil e 218 mil casos, respectivamente.
Dados publicados pelo Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS, na sigla em inglês) mostraram que havia mais de 15 mil pessoas internadas por covid-19 na Inglaterra na última quarta-feira, maior número desde fevereiro de 2020. O número representa um aumento de 58% em relação à semana anterior.
Queiroga também informou que a secretaria de Vigilância em Saúde do ministério irá se reunir mais tarde com o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e o Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde) para definir sobre a extensão da quarentena dos pacientes com a variante ômicron.
FONTE: UOL

Tag(s):

Ao navegar em nosso site você concorda com nossa Política de Privacidade. Ok